O que é efeito sanfona? Como fugir dele?

nutrição

POR Celina Avelino

11/05/2018


Se da devido ao excesso e as diversas tentativas de perder peso e fazendo diversas dietas (internet, baixas calorias, tempos sem comer), no qual emagrece porém, logo em seguida, engorda tudo novamente se não o dobro, tornando-se um ciclo vicioso, denominado de Efeito Sanfona.
Cada pessoa tem um gasto energético basal – GEB, variando de acordo com o peso, altura, sexo, idade e grau de atividade física – que fornece quantas kcal são necessárias para manter nosso organismo em bom funcionamento, fornecendo energia para processos essenciais como: ventilação, circulação, atividade do sistema nervoso, ou seja, nos manter vivos.



Vamos para os fatos, se seu GEB for 1600 kcal (em média), e quando se faz uma dieta bem abaixo do GEB, muito restritiva (1200 kcal por exemplo), nosso organismo (poderoso e inteligente) ao longo desse tempo, tende a se adaptar com a quantidade que você está colocando para ele, adaptando-se a deixar o metabolismo bem mais desacelerado para se adaptar a viver com as 1200 kcal ofertada.
Logo depois, acontece a desistência da dieta, volta a comer, como antes ou um pouco mais, ou seja (1800 kcal a 2000 kcal por dia) o seu GEB não é mais de 1600 kcal e sim de 1200 kcal e você volta a comer 1800 kcal, resultado? Você engorda MUITO mais do que já estava antes da dieta restritiva, tornando-se um ciclo vicioso. 



COMO RESOLVEMOS? Reeducação alimentar com NUTRICIONISTA, adequando sua dieta ao seu GEB + suas necessidades e não baixando mais do que se deve. Praticar exercícios físicos é bom para aumentar seu metabolismo e fugir do efeito sanfona, simbora? 

Celina Avelino – Nutricionista – CRN 20650
Pós graduanda em Nutrição Esportiva e Estética
Instagram - @papodanutricionista
Facebook – Papo da Nutricionista

Comentários

Celina Avelino

Celina Avelino, 23 anos, mossoroense, formada em Nutrição pela Universidade Potiguar (UNP) e colunista de Nutrição no Portal Mossoró Notícias.