Funcionários dos Correios entram em greve a partir desta segunda-feira

Funcionários dos Correios entram em greve a partir desta segunda-feira

cotidiano

POR Caio Vale

12/03/2018

Funcionários dos Correios no Rio Grande do Norte entraram em greve nesta segunda-feira (12), por tempo indeterminado. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios, Telégrafos e Similares do RN (Sintect/RN), a decisão pela paralisação foi unânime. Houve assembleias em Natal, Mossoró e Caicó.

O Sintect/RN informa que o principal motivo para a greve é intenção da administração da estatal em modificar o Plano de Saúde dos funcionários.

“O presidente da ECT tenta enganar a população e a classe trabalhadora dizendo que o nosso Plano de Saúde é o responsável pelo déficit na Empresa. Não é verdade. A própria Controladoria Geral da União lançou estudo recente confirmando que o real problema é a má gestão”, afirma o presidente do Sintect-RN, José Edilson.

Os funcionários listam ainda outros ataques, como o fechamento de agências, a terceirização, a extinção do cargo de Operador de Triagem Transbordo e a suspensão de férias.

Com a aprovação da greve, os trabalhadores potiguares se juntam ao movimento nacional da categoria, que também decidiu, em assembleias por todo o país, parar as atividades.

De acordo com a Fentect, a estatal pretende retirar do plano, pais, filhos e cônjuges dos funcionários. Hoje, a assistência bancada pelos Correios supera R$ 12.000 por funcionário e custa R$ 1,8 bilhão por ano.

A Fentect informou através de nota, que os Correios pretende fechar 2.500 agências em todo país. "Todo o desmonte promovido pela gestão dos Correios tende a prejudicar ainda mais os servições à população", disse.

Foto: Caio Vale/Mossoró Notícias

Comentários

thermas nl2
Biofit nl2
modus nl2