Os cuidados que devo ter com a minha geladeira

gastronomia

POR Flâvio Magalhães

04/07/2018

Descubra quais são os locais adequados para o armazenamento correto dos alimentos e aproveite melhor o uso da sua geladeira.

Muitas pessoas têm o hábito de manter a geladeira bem cheia, porém a visível fartura pode significar desperdício e uma possível intoxicação alimentar, pois o excesso de itens pode fazer com que alimentos sejam esquecidos e se deteriorem ou estejam em locais inadequados para a sua perfeita conservação e futuro consumo.

A organização da geladeira não é uma medida supérflua, é uma questão de saúde, pois muitas vezes os indícios de que um alimento está estragado não são visíveis Portanto, é preciso se prevenir armazenando-os adequadamente e tendo controle da validade, no caso de produtos industrializados.

Para evitar abrir a geladeira e encontrar cheiro ruim ou passar mal com alimentos, veja as dez dicas abaixo que ensinam sobre armazenamento correto de comidas e bebidas diversas e saiba como ter uma geladeira organizada de forma prática e eficiente:

 

1 – OVOS NA CAIXA ORIGINAL

Os ovos não devem ser retirados de sua caixa original, nem lavados antes de serem colocados na geladeira. A caixa de papelão é o material ideal para perfeita conservação deste alimento, que deve ser lavado somente no momento do uso, e não antes de ir para a geladeira, pois sua casca porosa pode absorver e armazenar água fazendo com que se estrague.

2 – LEITE NO LUGAR CERTO

Para o leite não azedar ele precisa ficar nas prateleiras mais frias da geladeira, geralmente as de cima, pois o leite quando não é submetido a temperaturas baixas tende a fermentar e a ganhar, portanto, gosto azedo e acúmulo de bactérias.

3 – LATICÍNIOS COM DATA VISÍVEL

Iogurtes, creme de leite e queijos também precisam , assim como o leite, estar bem resfriados. Como são itens que se compra em maior quantidade e vêm em porções pequenas, um cuidado extra deve ser tomado com relação a estes alimentos: a data de validade.

“Procure empilhar as bandejas de iogurte, por exemplo, deixando em cima as que têm validade mais próxima de acabar.”, orienta Isabella Peixoto, nutricionista de produção e qualidade.

4 – CARNE CRUA COM GOTEJAMENTO PROTEGIDO

As carnes cruas devem sempre ficar no congelador, mas para descongelá-las deve-se coloca-las sempre na prateleira mais fria da geladeira e com um pote embaixo para que o gotejamento de sangue e água não caia na geladeira nem em outros alimentos.

“Os gotejamentos das carnes são muito perigosos se entrarem em contato com outros alimentos, pois podem contaminá-los, tanto com seu suco quanto com bactérias que podem se desenvolver nesta mistura.” explica Dra. Isabella.

5 – LEGUMES E VERDURAS EM LUGAR ÚMIDO

Para os legumes e verduras permanecerem frescos por mais tempo é preciso conservá-los com um pouco de umidade. Por isso a gaveta de vegetais é o local perfeito na geladeira para guardá-los. Mantê-los em sacos plásticos, frouxamente amarrados e não lavá-los antes do uso são também boas medidas para manter o isolamento e evitar o acúmulo de bactéria por excesso de água.

6 – FRUTAS SEM LAVAR

Frutas também devem ficar na gaveta de vegetais e envoltas em sacos plásticos, exceto as frutas cítricas que podem ficar livres. No caso destas, não lavar ao colocar na geladeira, somente fazê-lo no momento do consumo, é essencial, pois as frutas são sensíveis à deterioração por excesso de umidade e bactérias da água.

7 – EMBUTIDOS NAS PRATELEIRAS DO MEIO

Os embutidos, assim como os potinhos com sobras de alimento que têm alta rotatividade são alimentos que podem ficar nas prateleiras menos frias da geladeira. Como os embutidos têm altos níveis de substâncias conservantes, sua deterioração é mais difícil, portanto não é necessário um resfriamento tão intenso. Porém, cuidado, como são carnes estes alimentos também não devem ficar nem nas prateleiras baixas nem na porta.

8 – MANTEIGA E QUEIJOS HERMETICAMENTE FECHADOS

A manteiga e os queijos devem ser guardados em potes hermeticamente fechados e na gaveta de laticínios da geladeira, pois lá podem manter sua temperatura ideal sem gelar em excesso e perder textura nem ficarem rançosos.

9 – CONDIMENTOS NA PORTA

Os condimentos são geralmente ricos em vinagre e sal, que são conservantes naturais. Portanto, ketchup, maionese, temperos para salada, azeitonas e conservas de picles ou palmito, por exemplo, podem ficar na porta da geladeira.

10 – SUCO NATURAL COM MAIS RESFRIAMENTO

Bebidas como sucos, refrigerantes e água conservam-se bem na portada geladeira, porém os sucos não industrializados, ou seja, espremidos da fruta na hora devem ficar em prateleiras mais frias e serem consumidos o quanto antes, pois não têm conservantes e além de perderem suas propriedades vitamínicas ao longo do tempo, são mais suscetíveis ao desenvolvimento de bactérias.

 

 

FONTE: https://www.dicasdemulher.com.br/10-dicas-para-organizar-sua-geladeira-de-forma-pratica-e-eficiente/


CONTATOS DO CHEF

·         PERSONAL CHEF EM DOMICILIO

·         CATERING

- Casamentos

- Aniversários

- Batizados

- Churrascos

- Feijoadas ao estilo Carioca

- Noites Temáticas.

·         EVENTOS CORPORATIVOS EM FINGER FOOD

·         CONSULTORIA EM A&B

- Renovação e Inovação de Cardápios

- Treinamentos em Boas Práticas e Controle Higiênico Sanitário

- Gestão de Compras, Produção e Estoque

 

Instagram: FLÁVIO MAGALHÃES GASTRONOMIA

Telefones: 084 9 8869-7300 whatsapp

                  084 9 9640-0540 (TIM)

 

Comentários

Flâvio Magalhães

Flávio Magalhães, 30 anos, carioca, formado em Gastronomia pela Universidade Potiguar (UNP) e colunista de Gastronomia no Portal Mossoró Notícias.