Proporcionar uma boa estrutura e orientação as pessoas da melhor idade é também pensar em nosso futuro

esportes

POR Franklin Soares

11/02/2018


Os cuidados aos idosos vem crescendo e com isso descobertas importantes estão tornando mais saudável e prazerosa a vida após os 60.



Apesar da reclamação de muitos, chegar aos 60 hoje não é mais um certificado de dependência e inatividade. A ciência nos dá a certeza de que a atividade física proporciona a condição ideal pra uma vida cheia de novas possibilidades, antes desconsideradas.
 Para os diversos problemas advindos do passar do tempo como artrose, artrite, problemas cardíacos, perca espontânea de massa muscular, insônia, falta de força, que normalmente ocasiona quedas, existe os exercícios físicos para combater estes problemas, seja no início ou não de cada um deles.  A musculação, quando bem orientada pelo profissional de Educação Física, devidamente credenciado no conselho, não esqueçam de pedir pra ver a CIP (carteira de identidade profissional), faz com que haja o aumento de força, ganho de massa muscular, melhoria do sistema cardiovascular e respiratório, melhora no sono e ainda garante a interação com outras pessoas que leva a mais aspecto diretamente ligado a qualidade de vida.     



     

Não podemos desconsiderar que há doenças como a hipertensão, diabetes, acidente vascular que também possuem um alto índice recuperação através dos exercícios físicos quando recomendado é acompanhado pelo seu médico e pelo profissional de Educação Física. 
 

   

Não é a toa que temos mais espaços disponíveis com qualidade de serviço e atendimento como o Complexo Biofit onde é possível encontrar vários segmentos pra qualidade de vida pra todas a idades.
É cada vez mais comum encontrar pessoas na boa idade também nas ruas em suas bicicletas, caminhando e até mesmo utilizando dos espaços públicos pra se exercitar.
Esse é o segredo, não ficar parado e se possível ter orientação profissional.
   



Que continuem os investimentos em projetos que estimulam a prática de atividades físicas espontâneas e orientadas em espaços abertos ou não também por parte do poder público. Se faz essencial cuidar do corpo e da mente neste período da vida pra que assim esses investimentos reflitam não somente na qualidade de vida das pessoas mas também se justifique acarretando menores índices de pessoas obesas, com problemas crônicos e dependentes de medicamentos assim gerando economia aos cofres públicos.
 

   

A certeza de uma vida saudável e de qualidade após o 60 está clara e acessível a todos. Há necessidade de que haja apenas a iniciativa pra fazer que isto seja uma das prioridades para que todos possamos nos transformar e mudar o mundo com atitudes mais dignas, iniciando nos cuidados a nós mesmos.


Comentários

Franklin Soares

Franklin Soares, 38 anos, patuense, formado em Educação Física, especialista em avaliação e prescrição de atividade física e colunista de Esporte no Portal Mossoró Notícia.

Biofit