“Mossoró teve uma redução de cerca de 25% da criminalidade”, afirma comandante

Polícia

De acordo com o decreto presidencial, as Forças Armadas Nacionais permaneceram em Mossoró até a meia noite desta sexta-feira, (12). No último dia da Operação Potiguar III na cidade, o tenente-coronel Henrique Sá visitou a prefeita Rosalba Ciarlini no Palácio da Resistência, acompanhado do coordenador do Tiro de Guerra 07-010, subtenente Valau e do promotor de Justiça, Armando Lúcio.

O tenente-coronel Henrique Sá explicou para a prefeita Rosalba Ciarlini que a missão das Forças Armadas, prevista em Constituição, é a defesa da pátria e a garantia da lei e da ordem. “Mossoró teve uma redução de cerca de 25% da criminalidade. Tivemos uma ótima recepção por parte dos mossoroenses, nossos soldados sentiram a receptividade”, disse.

A prefeita Rosalba Ciarlini agradeceu a ajuda das Forças Armadas e do Tiro de Guerra. “O Exército Brasileiro tem o respeito da população de Mossoró e em todos esses dias nos passou a sensação de proteção”, destacou.

O promotor Armando Lúcio afirmou que identificou a redução da criminalidade em Mossoró nos dias em que as Forças Armadas atuaram na cidade. “Esse período de final e começo de ano é delicado, mas graças a ajuda das Forças Armadas vimos a diminuição da criminalidade”, afirmou.

Os soldados, que estão em missão em Mossoró desde o dia 30 de dezembro do ano passado, devem deixar completamente o município até o próximo domingo, (14).

Comentários

comentários

instagramSiga-nos @mossoronoticias