O impacto socioeconômico dos festejos de Santa Luzia

economia e empreendedorismo

POR Vinicius Salgado

04/12/2017

A época de final de ano dos mossoroenses é marcada pela festa da padroeira de nossa cidade, a tão reverenciada, Santa Luzia. Fiéis de várias regiões do país se reúnem para esta grande festa religiosa realizada na nossa cidade. Porém, precisamos ir além de uma análise superficial, afinal, qual o impacto econômico a festa nos traz? Diante do sucesso e do número de fiéis que frequentam, a festa abre oportunidades para diversas pessoas que se aproveitam disso para fazer aquela renda extra que garantem o seu fim de ano. Carrinhos de batata-frita, hot dog’s, crepe suíço, venda de bebidas; são diversos os tipos de comércio que estão presentes durante os treze dias de festa, no entorno da Catedral. Em conversa com alguns dos ambulantes ontem, 03 de dezembro, relataram que é o meio que eles encontram de conseguir dar um Natal digno para suas famílias, ou seja, a festa proporciona que a renda extra dos comerciantes seja de suma importância para sanar dívidas ou até mesmo dar presentes aos seus filhos. Alguns usaram até a expressão: “é o nosso 13º.”, fazendo referência ao décimo terceiro salário de quem trabalha com carteira assinada. É interessante que a cidade proporcione este tipo de atividade popular, mesmo sendo de cunho religioso, as pessoas procuram esta festa não só pela atração tradicional, mas também pelo lazer de suas famílias, tendo em vista que o centro da cidade está cheio de parquinhos para as crianças, lanchonetes “ambulantes” que tem um preço mais acessível e outras formas de lazer. Este tipo de evento aquece a economia, gera “emprego” e renda para a população. Para alguns, uma renda extra no fim do ano, para outros, uma renda necessária, já que aguardam o ano todo para tirar o seu sustento com estes eventos. Além dos ambulantes, a paróquia de Santa Luzia também tem seu espaço para arrecadar fundos para a igreja e já planejar a festa do ano seguinte. São mais de 600 voluntários, entre jovens e adultos, divididos em 20 núcleos, que fazem parte da organização da festa. A paróquia oferece lanchonete, venda de artefatos religiosos e até mesmo a “ciranda”, espaço que é dedicado para o lazer e cuidado dos filhos enquanto os pais participam da celebração religiosa. A festa teve sua abertura oficial ontem, com missa campal e logo em seguida os shows de Demônios da Garoa e Gianinni Alencar; e será realizada até o dia 13 de dezembro, dia de Santa Luzia, com a famosa procissão que reúne fiéis de todo o país para celebrar o dia da nossa padroeira. A programação pode ser conferida nas redes sociais da paróquia de Santa Luzia. Então, a dica de hoje é que aproveitem a festa para renovar os votos de fé e também para ajudar aqueles que trabalham e necessitam desta fonte de renda. Santa Luzia abençoa aqueles que enxergam com os olhos da bondade!

Comentários

Thermas nl2
Biofit nl2
modus nl2