Prova Ciclística Gov. Dix-Sept Rosado teve início neste sábado com 150 atletas

Prova Ciclística Gov. Dix-Sept Rosado teve início neste sábado com 150 atletas

cotidiano

POR Caio Vale

23/09/2017

A Prova Ciclística Gov. Dix-Sept Rosado, que teve início neste sábado (23), é a segunda mais antiga do país, e foi realizada pela primeira vez em 6 de janeiro de 1950, idealizada pelo então prefeito da cidade, Jerônimo Dix-Sept Rosado Maia. Somente em 1953 é que a prova passou a ter o nome que tem hoje em homenagem ao idealizador, que morreu em um acidente aéreo em 1951, quando estava a frente do poder executivo estadual. Neste ano a prova chega a sua 68ª edição com mais de 300 competidores e divida em dois dias de realização. Neste primeiro dia de competição 150 atletas participaram das baterias divididas nas categorias Master C Local e Nacional, Master B Local e Nacional, Master A Local e Nacional, além da categoria Veterano. A competição acontece no Corredor Cultural da Avenida Rio Branco. “Devido ao sucesso no número de inscrições dividimos a competição em dois dias. A abertura neste sábado já movimenta a prova consideravelmente. A nossa competição está entre as principais do país e possui credibilidade, fazendo com que diversos atletas de varias partes do país venham para Mossoró correr na nossa prova”, explicou Hélito Honorato, secretário executivo de Esporte. Prova Ciclística aquece economia  Com a chegada dos atletas na cidade os hotéis e pousadas foram ocupados fazendo movimentar a economia do seguimento. Além disso, quem também sai ganhando é o mercado informal através dos pequenos ambulantes e comerciantes que se instalam nas proximidades do percurso onde a prova é realizada. “Todos os anos eu saio de Fortaleza e venho pra Mossoró acompanhando meu filho que é ciclista, e aproveito para comercializar meus produtos que são lanches, refrigerantes, águas, e ainda camisas e blusas que os atletas costumam usar nessas competições. Venho acompanhando meu filho e ainda consigo gerar renda pra minha família”, explicou dona Eulália Arruda. Os mossoroenses que também atuam no mercado informal aproveitam o evento para transformar trabalho em dinheiro. São pequenos ambulantes que comercializam águas, refrigerantes e lanches rápidos como batata frita. “Não é sempre que tem em Mossoró um evento no meio da tarde em um sábado, então a gente aproveita qualquer oportunidade para poder ganhar um pouco mais dinheiro e pagar as contas de casa. Me disseram que amanhã aqui vai dar mais gente, então vou voltar pra vender mais e ganhar mais dinheiro”, disse dona Maria das Dores, vendedora de água.

Comentários

thermas nl2
Biofit nl2
modus nl2