Cosern inaugura subestação elétrica em Santo Antônio, RN

Regional

O diretor-presidente da Cosern Luiz Antonio Ciarlini esteve no município de Santo Antônio na manhã desta 2ª feira (11) para fazer a inauguração oficial da subestação elétrica construída pela Distribuidora do Grupo Neoenergia no município.

A obra ampliou a oferta de energia na região Agreste do Rio Grande do Norte e está beneficiando 92.500 potiguares nos municípios de Santo Antônio, Passagem, Várzea, Serrinha, Nova Cruz, Brejinho e Lagoa d’Anta.

Também estiveram presentes ao evento os superintendentes de Serviços Técnicos, Dário Vale, e Comercial, Walmary Nunes, o Gestor da Cosern para o Litoral Sul, Gilmar Mikeias, o Gerente de Operação, Antônio Carlos Queiroz, o Gerente da Expansão da Alta Tensão, Iverton Cocentino, a Gerente de Comunicação Institucional e Sustentabilidade, Karine Severo, e colaboradores da concessionária.

Entre as autoridades locais que prestigiaram a inauguração da Subestação Santo Antônio, o vice-prefeito, Estácio Rubinstein, o secretário de Transportes, Obras e Serviços Urbanos, Sales Antônio, a secretária de Meio Ambiente, Laís Torquato, o secretário de cultura Aldir Acioli, a chefe de gabinete da prefeitura, Iara Estevão, e o vereador Nélio Oliveira.

“Essa subestação foi construída com o que há de mais moderno em termos de equipamentos, passou por 30 dias de testes, ampliou a oferta de energia elétrica na região, e reforçou a confiabilidade do sistema elétrico da Cosern no Agreste”, explicou Ciarlini. “De forma prática, ela dotou a região Agreste com mais capacidade para receber novos empreendimentos e, além disso, fará com que com que as interrupções no fornecimento de energia elétrica sejam eventos cada vez mais raros e, se por ventura acontecerem, o reestabelecimento seja feito num prazo cada vez mais curto”, ressaltou.

O superintendente Dário Vale lembrou aos presentes o efeito positivo que esses investimentos realizados pela Cosern tiveram na melhoria da qualidade do fornecimento de energia elétrica, desde 1997. “Para se ter ideia do reflexo dessa melhoria para o consumidor, a Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora, que representa o número de horas, em média, que o cliente fica sem energia, durante um ano, de 1997 para cá, caiu 246%. Já a Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora, que se traduz no número de vezes por ano que, em média, cada consumidor fica sem energia, caiu 257% nos últimos 20 anos. Tudo isso, graças à ampliação do nosso número de subestações e da automatização de equipamentos telecomandados instalados no sistema elétrico da Cosern, entre outros investimentos, espalhados por todo o estado”, explicou Dário.

Santo Antônio é a subestação de número 66 da Cosern, tem capacidade instalada de 12.500 kVA, possibilitando atender as solicitações de novos clientes e de aumentos de demanda de cargas, está integrada ao mesmo regional de distribuição das subestações Nova Cruz, Brejinho e Lagoa d´Anta e seu funcionamento reforça a confiabilidade no sistema elétrico do Agreste, região do estado onde a Cosern atende 296 mil clientes.

Reforço na confiabilidade do sistema elétrico

Nos últimos 12 meses, a Cosern tem reforçado a confiabilidade no seu sistema elétrico por meio de diversos equipamentos colocados em operação em todas as regiões do estado.

Em maio, entrou em operação a subestação Currais Novos, com capacidade instalada de 26.600 kVA, beneficiando 90 mil potiguares nos municípios de Currais Novos, São Vicente, Lagoa Nova, Cerro Corá, Bodó e Florânia.

Em agosto, a Cosern adquiriu sua terceira Subestação Móvel, instalada numa carreta de 06 eixos e 24 pneus e com capacidade de garantir o fornecimento de energia elétrica para até 30 mil residências e de assumir as cargas dos transformadores e de outros equipamentos existentes nas 66 subestações da Cosern espalhadas por todo Rio Grande do Norte.

Em 30 de agosto, foi inaugurada a subestação Jardim do Seridó, com uma capacidade de 12.500 kVA, que passou a beneficiar 21 mil potiguares dos municípios de Jardim do Seridó, Ouro Branco, Acari e São José do Seridó.

Pioneirismo e reconhecimentos

A Cosern foi uma das primeiras Distribuidoras do Brasil a automatizar todas as suas subestações. Além de praticar a tarifa elétrica residencial mais baixa do Nordeste, ao dotar o Rio Grande do Norte com mais uma subestação, reitera seu compromisso de prestação de bons serviços aos clientes e contribui para a capacidade de atração de novos investimentos para o estado.

Em novembro de 2016, a Cosern ficou em 1º lugar entre as empresas com mais de 400 mil consumidores no Prêmio Prêmio IASC (Índice Aneel de Satisfação do Consumidor), organizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para reconhecer as distribuidoras mais bem avaliadas do Brasil, com base na percepção do consumidor residencial, aferida por meio de pesquisa de opinião. O índice de satisfação dos consumidores com a Cosern aferido pelo Prêmio IASC foi de 77,91.

Em junho de 2017, a Cosern foi eleita a 3ª melhor distribuidora do Nordeste e 5ª melhor do Brasil no Prêmio ABRADEE 2017, entre as 31 concessionárias do país com mais de 500 mil consumidores. Em agosto passado,  a concessionária foi reconhecida pela 3ª vez como uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil no ranking da GPTW/revista Época. No dia 10 de outubro, a Cosern foi premiada pelo 5º ano consecutivo como a distribuidora com melhor desempenho em engenharia do Brasil no ranking da revista Eletricidade Moderna,concorrendo com as demais concessionárias de distribuição de energia elétrica que atuam em âmbito estadual do Brasil.

No dia 07 de dezembro a Cosern recebeu, em São Paulo, a Medalha Eloy Chaves, uma premiação concedida desde 1980 pela Associação Brasileira de Companhias de Energia (ABCE) às empresas que se destacam pelos melhores índices de segurança. A concessionária potiguar foi destaque na categoria Bronze entre as distribuidoras de energia elétrica brasileiras com 501 a 2 mil empregados próprios. A Cosern já havia obtido a Medalha na categoria Prata em 2007 e na categoria Bronze em 2008.

Comentários

comentários

instagramSiga-nos @mossoronoticias