Decisão

Afastado por agressão, presidente da OAB Mossoró retoma direito de advogar


Afastado por agressão, presidente da OAB Mossoró retoma direito de advogar

Foto: Reprodução

O conselho seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no RN revogou nesta sexta-feira (7) a medida cautelar que proibia o presidente afastado da entidade em Mossoró, Hermeson Pinheiro, de advogar. A punição estava em vigor desde o dia 30 de maio, após o dirigente da OAB Mossoró ter se envolvido em um caso de agressão a mulheres em vídeo que viralizou nas redes sociais.


A defesa do advogado também tentou convencer o conselho a não instaurar um processo ético contra Hermeson e buscava derrubar seu afastamento a nível de OAB-RN, propondo mantê-lo afastado apenas pela decisão da subseccional de Mossoró. Essa medida poderia facilitar seu retorno ao cargo de presidente, mas não obteve sucesso.


Desde que o vídeo veio à tona, em 29 de maio de 2024, Hermeson Pinheiro não se pronunciou publicamente sobre o assunto. Sua conta pessoal no Instagram foi desativada no mesmo dia.

Comentários