Adiamento

Comitê Biossegurança da Ufersa recomenda adiamento das aulas presenciais

Comitê Biossegurança da Ufersa recomenda adiamento das aulas presenciais

Foto: Reprodução

O Comitê Permanente de Biossegurança da Universidade Federal Rural do Semi-Árido mantém o calendário acadêmico aprovado pelo CONSEPE para o semestre 2021.2, mas recomenda a transferência das aulas presenciais não essenciais do dia 14 para o dia 28 de fevereiro. A data poderá ser antecipada caso ocorra melhorias dos indicadores e regressão das faixas de riscos.


A recomendação é fundamentada em decorrência da piora no cenário nos municípios onde estão localizados os Campi da UFERSA, estando todos passando para Bandeira 4 que é de alerta. Além disso, o registro no aumento de óbitos, a alta testagem de casos positivos para a Covid-19, a predominância da variante Ômicron que apresenta alto poder de contagio, aumento na ocupação dos leitos, bem como na taxa de transmissibilidade.


CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Para os estudantes que não são oriundos de Mossoró, Angicos, Caraúbas é Pau dos Ferros, o Comitê de Biossegurança da Ufersa orienta para a manutenção do planejamento para o retorno presencial. O Comitê reforça ainda para as medidas preventivas como o uso de máscaras adequadas cobrindo o nariz e a boca; o distanciamento social; lavagem e higienização das mãos e, a vacinação. As recomendações do Comitê de Biossegurança vão passar agora para avaliação do CONSEPE em reunião extraordinária marcada para às 14h, na próxima terça-feira, dia 8 de fevereiro.

Comentários