Descaso

Conselheiro tutelar denuncia descaso da prefeitura com ações de combate à exploração sexual infantil

Conselheiro tutelar denuncia descaso da prefeitura com ações de combate à exploração sexual infantil

Foto: Reprodução

O conselheiro tutelar João Pedro, da 33ª zona de Mossoró, fez ao Blog Na Boca da Noite, dramático relato em que denuncia a total falta de apoio da gestão municipal às ações de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes na cidade.


De acordo com o conselheiro, nem no dia 18 de maio, data em que a população e as entidade são chamadas à uma ação prática de combate a esse problema, houve sensibilidade da gestão municipal para dar qualquer apoio ao conselho tutelar na realização das atividades.


Veja na íntegra o relato


Referindo-me ao dia de ontem, 18 de maio, onde acontece em todo território brasileiro a Campanha Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, em primeiro lugar eu não posso deixar de parabenizar aos profissionais da Rede de Proteção aqui do nosso município, que dentro das condições que nos foram impostas, ou seja, quase nenhuma, conseguimos realizar a nossa ação

.
Em contrapartida ao reconhecimento dos profissionais da Rede, deixo a minha critica à atual gestão, que não nos ajudou em nada, referente às condições para realizar a ação informativa e de conscientização que acontece todos os anos. Esse ano conseguimos alguns cartazes graças ao apoio da UFERSA e conseguimos algumas camisas, somente para a equipe que estava organizando, com o apoio da CDL. A prefeitura de Mossoró, com a desculpa de que não tem licitação, frase feita para responder todos os questionamentos, falhas e falta de vontade política, não nos ajudou em nada!


Iniciamos a campanha em Mossoró tendo como abertura um Seminário para todos os profissionais da política de atendimento. Agradecemos o apoio da Faculdade Católica do Rio Grande do Norte, que nos concedeu o seu auditório para que o seminário pudesse acontecer. No dia do seminário, tudo, absolutamente tudo foi conseguido por meio de doações, até mesmo a questão da ornamentação do espaço.


Reiterando, a gestão do prefeito Allyson Bezerra não nos ajudou em nada! Inclusive, mesmo sem o seu apoio, e em respeito ao cargo que ele (o prefeito) ocupa, nós o convidamos para a abertura da campanha, porém o mesmo não colocou os pés lá.


São atitudes como essas que mostram a falta de compromisso do atual prefeito, para com as causas relacionadas à infância e juventude, Quando em algumas falas ele diz que criança é prioridade em sua gestão, ele não está falando a verdade. Isso não é João quem diz, mas as atitudes dele. Constantemente ouvimos frases de quem presenciava a campanha do 18 de maio em anos anteriores, do tipo “o que fizeram com a campanha?”, “acabaram com o 18 de maio”, “essa campanha era tão linda”, entre outras.


O que quero deixar bem claro é que: nós, profissionais do Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente aqui de Mossoró, estamos nos esforçando ao máximo, para que a nossa voz chegue o mais longe possível, e que possamos juntos, conscientizar a sociedade a se engajar nessa luta e denunciar todas as formas de violência contra crianças e adolescentes da nossa cidade. Estamos dando o nosso melhor, mesmo sem o apoio da atual gestão que não trata com a prioridade devida, as crianças e jovens do nosso município”.


João Pedro – Conselheiro Tutelar da 33ª zona de Mossoró – RN

Comentários