comércio

Dia dos Namorados deve movimentar mais de R$ 400 milhões no RN, diz Fecomércio


Dia dos Namorados deve movimentar mais de R$ 400 milhões no RN, diz Fecomércio

Foto: Alexsander Ferraz

Ocasião importante para o comércio local – não apenas pela venda de presentes, mas também pelos serviços relacionados às comemorações – o Dia dos Namorados deve movimentar cerca de R$ 412,3 milhões no comércio e serviços no Rio Grande do Norte, em 2024. O valor representa um aumento de 15,8% em relação aos R$ 355,9 milhões do ano passado.


É o que projeta a pesquisa de Intenções de Compras para o Dia dos Namorados da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio RN) que analisa as expectativas para Natal e Mossoró. O estudo, conduzido pelo Instituto Fecomércio RN (IFC), revela um aumento significativo nas intenções de compra na capital potiguar, com 62,5% dos consumidores planejando adquirir presentes para a data, comparado aos 57,6% do ano anterior.


Em Natal, a maioria dos consumidores que planejam ir às compras são homens (68,2%), e a faixa etária predominante é de 25 a 34 anos, representando 68,3% dos entrevistados. Além disso, 64,5% dos consumidores com ensino superior manifestaram intenção de compra, e os mais propensos a gastar são aqueles com renda mensal entre 6 a 10 salários mínimos, correspondendo a 78,6%.


Os dados também revelam que a maioria dos consumidores (63,6%) pretende gastar até R$ 200 em presentes, enquanto 30,8% estão dispostos a desembolsar mais de R$ 200. O valor médio dos presentes este ano é estimado em R$ 157,57, um aumento de 5,43% em relação a 2023.


O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, comenta sobre os resultados da pesquisa: “Observamos um aumento na intenção de compras para o Dia dos Namorados deste ano, o que reflete uma recuperação econômica e uma maior confiança dos consumidores. Este crescimento é um indicativo positivo para o comércio local, que deve se preparar para atender a essa demanda”.


Em relação ao local de compra, 54% dos consumidores planejam adquirir seus presentes em lojas de shopping, seguidos por 21,7% que preferem o comércio de rua e 16,9% que optarão por compras online. Além disso, 66,5% dos consumidores pretendem realizar uma pesquisa de preços antes de finalizar suas compras, demonstrando uma preocupação com o custo-benefício.


Expectativa de crescimento de negócios em Mossoró supera índice do estado


A pesquisa também verificou as intenções de compras para Mossoró e revela que a movimentação financeira esperada especificamente na cidade é de R$ 38,1 milhões. O número representa uma alta de 19,8%, acima do crescimento esperado para o estado. O gasto médio com presentes será de R$ 148,74.


Em Mossoró, 49% dos consumidores pretendem presentear. Entre os tipos de presentes, as peças do vestuário (28,7%); perfumaria e cosméticos (21,2%); calçados e bolsas (18,1%); e joias, relógios e acessórios (14,7%). Quase 70% dos entrevistados deverá dar apenas um presente, enquanto 23,6% espera desembolsar um pouco mais e ofertar dois presentes.


Entre as pessoas presenteadas na Capital do Oeste, estão em primeiro lugar o esposo ou esposa (61,5%), seguido pelo namorado ou namorada (27,8%) e o companheiro ou companheira (6,5%).

Comentários