Redução

Empresa desativa 90% das linhas de ônibus de Mossoró

Empresa desativa 90% das linhas de ônibus de Mossoró

Foto: PMM

Das 17 linhas de ônibus que circulavam diariamente em Mossoró, 14 foram desativadas durante a pandemia da Covid-19. Segundo a empresa de transporte coletivo Cidade do Sol, apenas três linhas continuam em atividade.


As linhas Nova Vida, Conjunto Vingt Rosado e Abolições são as que continuam fazendo o trajeto. “O transporte brasileiro passa por uma crise muito grande e a pandemia mudou muita coisa e em Mossoró não foi diferente. Nós fizemos de tudo para não reduzir nossas linhas e mesmo assim tivemos que fazer o enxugamento”, disse Waldemar Araújo, proprietário da Cidade do Sol.


Segundo a Cidade do Sol, o segmento registra queda superior a 90% na demanda de passageiros, desde o início da pandemia no Brasil, em 2020. Associado aos efeitos da crise sanitária, o serviço enfrenta ainda seguidas altas no preço do diesel.


CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


As suspensões temporárias de itinerários deficitários não foram suficientes para garantir o equilíbrio financeiro. Segundo Waldemar Araújo, o quadro de funcionários, mantido completo mesmo sem operação da totalidade de linhas, precisou ser enxugado. Foram suspensos contratos de 23 colaboradores. Ele lembra que, tão logo ocorra aumento na demanda, as linhas poderão ser retomadas.


“Vivemos a maior crise sanitária e econômica do país. A pandemia nos atingiu em cheio e estamos adequando a operação para manter o serviço, mesmo com todas as dificuldades. Perdemos mais de 90% dos passageiros desde 2020, e, mesmo reduzindo as linhas, no ano passado, mantivemos os empregos de todos os colaboradores, mas, infelizmente, precisamos enxugar o quadro”, destacou

Comentários