MCJ

Prefeitura atende recomendação da Uern, Fecomércio e CDL e garante economia de 1,5 milhão para o MCJ


Prefeitura atende recomendação da Uern, Fecomércio e CDL e garante economia de 1,5 milhão para o MCJ

Foto: Secom/PMM

A Prefeitura Municipal de Mossoró vai profissionalizar ainda mais o Mossoró Cidade Junina neste ano de 2024. Para isso, vai implementar, inclusive, recomendações apontadas pelas pesquisas da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) em parceria com a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e pela Federação do Comércio do Rio Grande do Norte (Fecomércio).


Um dos pontos altos da organização para este ano é a ampliação dos serviços a serem ofertados pela empresa contratada por licitação no gerenciamento do camarote na Estação das Artes que vai gerar uma arrecadação de no mínimo R$ 1.530.000.000,00.


Em relação ao valor investido pela empresa vencedora da licitação, o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão e secretário interino da Secretaria de Cultura, Kadson Eduardo, destaca que a mesma investirá diretamente R$ 530 mil. Além da captação de recursos de patrocínio de no mínimo R$ 1 milhão.


“Ou seja, a contratação renderá ao Município mais de um milhão e meio de reais, enquanto em 2019, por exemplo, esse retorno foi de apenas R$ 34.150,00”, pontuou o secretário.


Com essa modalidade, a Prefeitura garante a economia de recursos e mais qualidade no serviço. O Município não terá gastos, como exemplo, com produção artística, videomonitoramento, cenografia de palco e camarim. O evento continuará sendo 100% público com acesso livre em todos os espaços.


A medida se destaca como ação para ampliação da profissionalização do evento, através da captação de recursos de patrocínio, como foi pontuado nas pesquisas apresentadas ao Município pela Uern, CDL e Fecomércio, e também como acontece em grandes eventos juninos como o São João de Campina Grande/PB e Caruaru/PE.

Comentários