Atendimento na UTI do HRTM é suspenso por falta de pagamento do governo


Atendimento na UTI do HRTM é suspenso por falta de pagamento do governo

Os serviços médicos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), foi suspenso por falta de pagamento do Governo do Estado a empresa Sama (Serviços de Assistência Médica e Ambulatorial). A empresa noticiou o governo nesta quarta-feira (7).


Em nota, a empresa informou que o estado não repassou nenhum valor referente aos meses de abril, maio, junho e julho desde ano. 


Além de Mossoró, os serviços também serão suspensos nos hospitais de Natal e Parnamirim. 


O governo ainda não se pronunciou sobre a notificação. 


Comentários

mais notícias