Família de adolescente morto ao sair de casa para comprar presente para o pai prepara protesto


Família de adolescente morto ao sair de casa para comprar presente para o pai prepara protesto

Familiares do adolescente Antônio Leoandrson da Silva Andrade, de 13 anos, morto a tiros na noite do último sábado (10), estão preparando um protesto para o próximo domingo (18), para cobrar por justiça. Para família, Leo, como era conhecido, foi morto por engano.


Segundo a Polícia Militar, o adolescente pediu a bicicleta do avô para ir comprar um boné para dar de presente para o pai no domingo (11). Assim que o adolescente saiu o avô ouviu barulho de tiros. Ele saiu para ver o que estava acontecendo e quase foi atingido pelos disparos.



O menor foi morto em uma estrada de terra, no prolongamento da Rua Otaviano Fernandes da Costa. De acordo com o relato do avô, dois homens saíram de dentro de um matagal e atiraram. A família afirmou que o adolescente não tem envolvimento com ilícitos e acredita que o menor tenha sido morto por engano.


A caminhada está marcada para às 8h, com saído do bairro Bom Jesus. 


Comentários

mais notícias