Mossoró consome 1 bilhão de litros de água em setembro


Mossoró consome 1 bilhão de litros de água em setembro

As características climáticas de Mossoró neste segundo semestre de 2018 influenciam diretamente no consumo de água. O site Climatempo vem registrando na cidade de Mossoró temperaturas máximas que variam de 33 a 38 graus. Levantamento da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) mostra que no mês de maio o consumo na cidade foi de 897 milhões de litros de água. Em setembro este valor subiu para 1 bilhão e 18 milhões de litros, um aumento de praticamente 100 milhões de litros de água.


O gráfico com os dados de consumo da Coordenação Comercial de Mossoró mostra elevação crescente entre os meses de maio a agosto de 2018 que chegou a 13,49%. O que pode-se inferir que o consumo está diretamente ligado ao clima da cidade. No período de inverno o consumo na cidade cai. A previsão é que as temperaturas permaneçam altas nos próximos meses permanecendo assim uma previsão de alto consumo.


É importante ter ciência que o excesso de água que eu gasto pode prejudicar o meu vizinho. A Organização das Nações Unidas (ONU) recomenda que uma pessoa utilize 110 litros por dia. No Brasil, este índice dependendo da região geográfica pode ser maior.


USO RACIONAL


O gerente da Regional Oeste, Márcio Bruno, menciona que existe o aumento de consumo, mas que é preciso utilizar a água de forma racional, principalmente pela estiagem que atinge nosso Estado. Por este motivo, é importante economizar. “Muitas pessoas reclamam da cobrança da conta de água. Mas medidas simples adotadas diariamente podem reduzir o consumo e consequentemente o valor da conta”, ressalta Márcio.


É dever de todos como cidadãos informar pelos canais de atendimento da Caern caso observe algum vazamento de água. O canal de atendimento pelo número 115 está disponível todos os dias da semana, inclusive sábados e domingos. A empresa em Mossoró possui seis equipes trabalhando diariamente para evitar o desperdício na rua. Assim como a Caern, o consumidor também pode adotar medidas para evitar água desperdiçada.


Em Mossoró, por exemplo, é observada a falta de boias nas caixas de água o que provoca extravasamento e muita perda de água. Outro problema a dificuldade das pessoas de identificarem vazamentos invisíveis em suas residências. Normalmente os vazamentos invisíveis estão em áreas cobertas pelo piso e possuem difícil detecção pelos moradores. A Caern possui o serviço de vistoria que pode ser requisitado, caso a pessoa tenha dúvida sobre o aumento repentino em sua conta de água.


DICAS DE ECONOMIA DE ÁGUA


- Ao escovar os dentes ou fazer a barba só abra a torneira quando necessário;

- Evite banhos demorados;

- Evite que as crianças brinquem com o chuveiro ligado;

- Ao lavar roupas e louças, utilize a água de forma racional. Na máquina de lavar regule o volume de água corretamente na cozinha, feche a torneira - para passar sabão;

- Regue as plantas pela manhã ou à noite. Seja moderado;

- Use apenas vassoura e balde para limpar a calçada. O uso da mangueira gera desperdício de água;

- Para limpar o carro use apenas balde com a quantidade necessária;

- Substitua a válvula de descarga por caixa acoplada;

- Verifique regularmente se há vazamentos em torneiras, descargas, chuveiros e tubulações; 

- Ao perceber vazamento na rua ligue imediatamente para a Caern através do número 115 ou registre no aplicativo Caern Mobile;

- Atitude consciente beneficia a todos. 

Comentários

mais notícias