Por falta de pagamento, cooperativa paralisa cirurgias em hospitais do RN


Por falta de pagamento, cooperativa paralisa cirurgias em hospitais do RN

As cirurgias eletivas no Rio Grande do Norte foram paralisadas nesta segunda-feira (30), por falta de pagamento do Governo do Estado à Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed).


Segundo a cooperativa, uma notificação foi enviada a governadora Fátima Bezerra (PT) e a Secretaria Estadual de Saúde informando sobre a suspensão de novas internações destinadas às cirurgias eletivas de alta e média complexidade oriundas do estado via SESAP. 


Essa é terceira suspensão do serviço no ano. A primeira ocorreu em janeiro, depois em julho e agora em setembro. Todas as paralisações tiveram o mesmo motivo: grande atraso por parte o Estado.


A Coopmed informou ainda que a paralisação não atingirá os usuários do SUS em Natal. 


Comentários

mais notícias