Sábado será "Dia D" de vacinação contra o sarampo


Sábado será

Neste sábado (19), será realizado o “Dia D de Vacinação contra o Sarampo”. A data é uma mobilização para estimular pessoas a se imunizarem contra a doença, cujos casos vêm crescendo nos últimos meses. Postos de saúde estarão abertos para receber os interessados em se proteger contra o sarampo ou que não tenham tomado todas as doses.


A campanha contra o Sarampo vai acontecer em duas etapas. A primeira entre os dias 7 e 25 de outubro para, preferencialmente, crianças de 6 meses a menores de 5 anos que não tenham se vacinado, tendo o Dia D de mobilização nacional no dia 19 de outubro. A segunda no próximo mês, de 18 a 30 de novembro, para jovens e adultos de 20 a 29 anos que não tenham se vacinado, com o Dia D no dia 30. A Secretaria de Saúde recebeu 3.000 doses extras para esta fase da Campanha contra o Sarampo.



De acordo com uma estimativa do Ministério da Saúde (MS), 2.991 crianças devem ser imunizadas durante o período de Campanha na cidade. A Secretaria de Saúde deve atingir, pelo menos, 95% de cobertura vacinal desse público. O MS não informou o quantitativo a ser imunizado do público adulto. 


Sarampo


Causado por vírus, o sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode levar à morte. A transmissão ocorre por via aérea, ou seja, quando a pessoa infectada tosse, fala ou respira próximo de outras pessoas.


Mesmo quando o paciente não morre, há possibilidade de a infecção ocasionar sequelas irreversíveis. Quando a doença ocorre na infância, o doente pode desenvolver pneumonia, encefalite aguda e otite média aguda, que pode gerar perda auditiva permanente.


Os sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, coriza (nariz escorrendo ou entupido) e mal-estar intenso. Quando o quadro completa de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas.


Comentários

mais notícias