Bellator

Bellator 270: Patricky Pitbull nocauteia irlandês na casa do rival e mantém título em família

Bellator 270: Patricky Pitbull nocauteia irlandês na casa do rival e mantém título em família

Foto: Bellator

O cinturão peso-leve (até 70kg) do Bellator segue no Rio Grande do Norte. Patricky Pitbull mostrou que não há fã irlandês suficiente para lhe amedrontar. Em Dublin, diante da famosa torcida de fãs fanáticos por MMA, o irmão mais velho de Patrício nocauteou Peter Queally com 1m05 do segundo round, e assim manteve o título que o irmão mais novo havia aberto mão neste ano. De quebra, Patricky devolveu a derrota que havia sofrido para o irlandês em maio, após uma interrupção médica polêmica que deu a vitória a Queally, companheiro de treinos de Conor McGregor. As informações são do GE.


Aos 35 anos, Patricky Pitbull conquistou seu primeiro cinturão no Bellator, onde está desde 2011. Agora, seu cartel tem 24 vitórias e dez derrotas. Seu irmão um ano mais novo, Patrício, foi campeão da categoria em maio de 2019, mas não chegou a defendê-lo. No mês passado, ele abdicou do cinturão para se dedicar à revanche com a AJ McKee nos penas (até 66kg), mas com a garantia de que Patricky seria postulante ao cinturão vago.


CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O primeiro round foi marcado pelo equilíbrio, com Queally usando mais os jabs e os chutes para manter Patricky distante. O brasileiro, que tenta encurtar, trabalhava com boas combinações, e numa delas conseguiu conectar três cruzados e uma joelhada. O irlandês se fechou no momento difícil e a luta terminou mais morna na parcial.


No segundo round, a luta logo foi interrompida depois de uma dedada no olho desferida por Peter Queally. Patricky precisou de atendimento médico e retornou para a luta. O irlandês tentou colocar pressão para cima do brasileiro, mas foi Patricky quem colocou um cruzado de direita para aplicar um knockdown. Foi o início do fim. Patricky Pitbull foi para cima e desferiu uma série de golpes até a interrupção do árbitro.

Comentários