Venda

Clube potiguar que formou Veron leva R$ 11 milhões da venda do jogador

Clube potiguar que formou Veron leva R$ 11 milhões da venda do jogador

Foto: Reprodução

Enquanto palmeirenses contestam o valor da venda de Gabriel Veron ao Porto, de Portugal, tem quem comemore, e muito, o dinheiro que vai chegar. Clube modesto de Natal (RN), o Santa Cruz, responsável por descobrir e formar o jovem atacante, terá direito a fatia de 20% da transferência, o que lhe renderá um valor astronômico para a sua realidade: R$ 11,48 milhões. As informações são do UOL. 


O valor poderia ser ainda maior, mas o clube potiguar topou receber metade dos 40% que detém dos direitos econômicos do atleta em troca de compensações em vendas futuras. Em contato com o UOL Esporte, Lupércio Segundo, advogado e ex-presidente do Santa Cruz, além de representante de Veron, disse que o negócio "ficou bom para todo mundo".


CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

"A conversa foi bem tranquila. Um processo natural de negociação, sem desgaste. A gente, neste momento, não podia segurar, dizer que não fazia e, de repente, atrapalhar todo um projeto dele de carreira, de pensar em ir para a Europa... Mantivemos o equilíbrio da operação, e ficou bom para todo mundo", afirma Lupércio, que viajou na quinta (21) à noite para Portugal para acompanhar o desfecho do acordo.


Veron será negociado ao Porto por 10,25 milhões de euros (aproximadamente R$ 57,5 milhões na cotação atual). Ao Palmeiras, caberá 80% do valor: uma quantia de quase R$ 46 milhões.

Comentários