Palmeiras vence o Ceará e segue na cola do líder do Brasileirão

No Allianz Parque, Verdão derrotou o time cearense por 1 a 0 e viu diferença para o Flamengo cair para cinco pontos


Palmeiras vence o Ceará e segue na cola do líder do Brasileirão Foto: Bruno Ulivieri/AGIF

Neste sábado (2), o Palmeiras recebeu o Ceará, no Allianz Parque, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, e venceu por 1 a 0. Jogando em casa, o Verdão segurou a pressão do time visitante, contando com ótimas defesas do goleiro Weverton, e viu a diferença para o líder Flamengo cair para cinco pontos.


Com o resultado, o time paulista agora tem 63 pontos – o time rubro-negro tem 68. O Vozão, com 33, ocupa o 15º lugar.


O jogo


Jogando em casa, o Palmeiras teve o domínio no primeiro tempo, com mais posse de bola. Investindo mais nas jogadas pela direita, com Mayke, o Verdão saiu na frente aos 16 minutos. Em um dos avanços do lateral, Zé Rafael ficou com a bola e abriu o placar. Depois, o Vozão passou a arriscar mais e teve um pênalti batido por Bergson, mas que Weverton defendeu. Depois, já nos minutos finais, Valdo teve outra boa chance de empatar, mas cabeceou para fora.


No segundo tempo, o Ceará foi chegando aos poucos e levando perigo ao gol do Verdão. Aos 12 minutos, Felipe Baxola entrou driblando na área e cruzou rasteiro. Zé Rafael apareceu na hora para evitar o empate dos cearenses. Na sequência, após contra-ataque rápido, a bola ficou com Baxola, que se livrou da marcação e chutou no ângulo do goleiro Weverton, que voou para fazer ótima defesa. Vendo o visitante crescer no jogo, o Palmeiras mudou a postura na metade da etapa final e criou boas chances para ampliar. Primeiro, Dudu cruzou pela direita, e Henrique Dourado quase chegou para desviar para dentro do gol. Depois, Dudu cobrou escanteio, e Gustavo Gómez subiu alto para mandar no travessão. Já nos minutos finais, o Ceará voltou a pressionar e quase empatou aos 48 minutos, em chute forte de Leandro Carvalho, que viu Weverton fazer mais uma boa defesa na partida e garantir a vitória palmeirense.


Comentários

mais notícias