Brasil decide a Copa América contra o Peru neste domingo

Brasil decide a Copa América contra o Peru neste domingo

esporte

POR Caio Vale

07/07/2019

Vai ser difícil para o torcedor brasileiro segurar a ansiedade até as 17h deste domingo. Depois de seis anos, a Seleção Brasileira volta a decidir um título. É a final da Copa América 2019. E o retorno do Brasil ao Maracanã. Templo de grandes conquistas do futebol brasileiro, o estádio mais famoso do mundo viverá mais uma noite para ficar na história. E que seja a nona conquista brasileira no torneio sul-americano. Pela frente, o Peru, de Paolo Guerrero, Cueva e Trauco, jogadores bem conhecidos do público nacional. 

O técnico Tite trabalhou a equipe para encarar os peruanos durante três dias na Granja Comary. No entanto, o treinador não adiantou a escalação que começará a decisão de amanhã. A única certeza entre a delegação é que o jogo será completamente diferente do encontro entre as duas seleções na fase de grupos da competição, quando o Brasil venceu por 5 a 0. Uma vitória que embalou a equipe canarinho e quase eliminou o Peru da Copa América. A equipe de Ricardo Gareca não só continuou no torneio como cresceu muito nas etapas seguintes, chegando à final com a autoridade de quem eliminou duas equipes de muita tradição em Copas América: Uruguai e Chile. 

O Brasil sabe que a partida requer muito cuidado e respeito pelo adversário, que possui um equipe de muita qualidade. Mas o time brasileiro tem a seu favor os números. Eles mostram que o time do técnico Tite foi o mais efetivo no ataque e na defesa. Não sofreu nenhum gol até agora. A oportunidade de jogar ao lado da torcida, no Maracanã, traz para o grupo uma leveza que diminui toda a pressão e nervosismo inerentes a jogos desse nível. 

– É muito especial estar em uma final com a seleção brasileira, estar jogando no Maracanã. Um jogo como esse é muito particular. Vamos colocar tudo que temos para que o objetivo seja alcançado, sabendo que temos que fazer um esforço tremendo, mas estamos preparados para isso – disse o capitão Dani Alves.

Por falar no lateral, ele é o único da equipe atual que estava na última conquista do Brasil na Copa América, em 2007. Foi Daniel, inclusive, que marcou o último gol brasileiro naquela decisão contra a Argentina. Multicampeão, o título da Copa América será o 40º da carreira do camisa 13 e o primeiro dele como capitão. 

Dani Alves também estava na conquista da Copa das Confederações de 2013, no Maracanã, o último título da Seleção Masculina Principal. Do grupo atual, Thiago Silva e Filipe Luís também participaram desse momento da equipe Canarinho. O trio sabe bem como representar o país jogando no Maracanã. 

Quem também nutre grande expectativa por esse reencontro da Seleção com o estádio mais famoso do Brasil é o técnico Tite. Ele disse nesta semana que vai "debutar como treinador da Seleção" no Maracanã. Hoje, em coletiva de imprensa, Tite voltou a exaltar a oportunidade que o grupo terá. O treinador evocou outro nome histórico para a Seleção Brasileira: Mario Jorge Lobo Zagallo. 

– Oito mais cinco, 13, 58 anos que tenho, tomara que tenha luz do Zagallo. Um mestre, cara iluminado, exemplo. Retidão. Tomara que tenha um pouco da luz dele. 

– Quero pensar no jogo. Remeti à minha época de atleta. No maior do mundo. Agora vou virar técnico de fato da Seleção. Treinar no maior do mundo, no maior templo do futebol mundial. Acho que estou mais calejado. Tem nervosismo, normal, natural. Mas nada se compara ao Mundial. Copa América é grande, mas tem uma série de outras experiências juntas – entregou.

A Seleção Brasileira deixa o hotel onde está hospedada em direção ao Maracanã às 14h40 deste domingo. Brasil e Peru disputam o título da Copa América 2019 às 17h. Em todas as vezes que o torneio sul-americano foi realizado no Brasil, a Seleção sagrou-se campeã (1919, 1922, 1949 e 1989).

Comentários