Você sabe o que são arboviroses?

saúde

POR Izamara Luana

02/06/2019

Se você ou alguém próximo adoeceu desde o início do ano até agora e precisou visitar o hospital para a recuperação da saúde, puderam notar que a ala de pronto atendimento está sempre lotada e as pessoas reclamando, em sua maioria, dos mesmos sintomas: febre, dor no corpo, principalmente nas articulações, tosse, coriza e entre outros. Pois é, são as arboviroses e elas costumam aparecer com grande frequência. Por isso, conhecer sobre esse tipo de doença é importante para que alguns cuidados sejam tomados. Vamos lá?

Existem 545 espécies de arbovírus, sendo que 150 delas causam doenças em seres humanos. Arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela. Existem três famílias mais conhecidas de arbovírus e cada uma delas engloba causadores de, que têm semelhança em seu código genético e também nas suas proteínas base.

As arboviroses são sempre causadas por vírus cujo principal transmissor é um artrópode (no caso um mosquito ou carrapato). O vírus da arbovirose é adquirido pelo vetor através do contato com um ser humano ou com um animal contaminado e é transmitido às pessoas durante a picada. No entanto, dependendo da arbovirose, ela pode ter outras formas de transmissão secundária. Existem alguns relatos de arboviroses que se transmite por transfusão sanguínea e vertical, de acordo com o Ministério da Saúde.

Um grande transmissor de arbovíroses atualmente é o mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela. Os sintomas das arboviroses variam muito, já que sua única característica em comum é o fato de serem transmitidos por artrópodes. Os mais comuns a todos são febre, dor de cabeça, mal estar, dor nas articulações, manchas vermelhas, náuseas e vômitos. O que muda é a intensidade de cada sintoma. A dor de cabeça costuma ser mais intensa na dengue, enquanto a dor nas articulações é mais intensa na febre chikungunya e o Zika vírus raramente apresenta febre ou outros sintomas mais característicos.

Como a maior forma de transmissão das arboviroses é o contato com o artrópode vetor (que pode ser um inseto, como os mosquitos, ou um carrapato). Portanto, a melhor forma de evitar essas doenças é evitando o contato com o seu transmissor. Existem algumas maneiras de prevenir. Aqui são elas: use repelente industrializados; prefira roupas longas; evite roupas coloridas e perfumes, os mosquitos são atraídos pelas cores e pelos perfume; use telas e mosquiteiros; o mosquito circula ativamente no começo da manhã e no final da tarde, no entanto, se houver um criadouro dentro de casa, eles podem atacar a qualquer momento, por serem predadores oportunistas, ou seja, que se alimentam sempre que tem oportunidade.

Talvez você já tenha adotado as medidas citadas acima, mas se seu vizinho ainda não adotou, não iremos conseguir erradicar essas doenças. Por isso, seja você também um propagador destas informações, para juntos combatermos os transmissores. É como aquela velha frase: sozinhos podemos até ir mais rápido. Mas juntos, vamos longe! Até a próxima!


Comentários

Izamara Luana

Izamara Luana, 24 anos, mossoroense, bacharel em Enfermagem e pós-graduanda em UTI e Urgência e Emergência.

-->