Acusado de matar auditor é condenado a 20 anos de prisão em Mossoró

Acusado de matar auditor é condenado a 20 anos de prisão em Mossoró

polícia

POR Alyson Oliveira

01/12/2018

Dayvson André Silva de Oliveira, de 23 anos, foi condenado a 20 anos de prisão nesta sexta-feira (30) pela morte do auditor Dinarte Bezerra, em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte.

Ele foi condenado nos crimes de homicídio privilegiado e qualificado, ocultação de cadáver e estelionato em continuidade delitiva. Dayvson foi preso no dia 27 de agosto de 2016 e apontou o local onde estava o corpo da vítima.

Dinarte Bezerra trabalhava na Riachuelo e morava com a família em Natal. A serviço, viajou no dia 21 de agosto de 2016 para Mossoró. Foi a última vez que o viram com vida. O carro dele foi encontrado na cidade de Bento Fernandes quatro dias depois do desaparecimento.

O corpo dele só foi encontrado no dia 14 de setembro daquele ano. Estava enterrado em um sítio na zona rural de Taipu. Foi o próprio Dayvson quem apontou o local da cova, depois de preso pela polícia.

Foto: Divulgação

Comentários