Navio potiguar é atacado por embarcação chinesa

Navio potiguar é atacado por embarcação chinesa

regional

POR Alyson Oliveira

23/11/2018

Um navio pesqueiro potiguar, com cerca de 22 metros de comprimento,  foi atacado por um navio chinês que tem mais que o dobro do tamanho. O ataque aconteceu na manhã de ontem (22) a 420 milhas da costa brasileira (676 quilômetros), já em águas internacionais.

Segundo o Sindicato da Indústria da Pesca do Rio Grande do Norte, o navio chinês bateu propositalmente no Oceano Pesca I, que é o nome da embarcação potiguar. O sindicalista contou que o comandante chinês disse, em português, que iria mandar ao fundo o navio brasileiro. Em seguida, o barco chinês começou a se aproximar muito rapidamente do navio potiguar, até bater. 

O navio estrangeiro tinha aproximadamente 42 metros e capacidade para 40 pessoas. Em entrevista ao portal G1, o dono da atuneiro, Everton Padilha, disse que o navio brasileiro só não naufragou graças a uma proteção de poliuretano que serve como acondicionante térmico para manter os peixes frescos.

Everton ainda disse que a tripulação está bem, e que o navio já está retornando para Natal, devendo atracar na capital potiguar na manhã deste sábado (24). “Deveríamos passar 25 dias em alto-mar pescando atum. Agora, com o que aconteceu, estamos voltando com prejuízo”, ressaltou.

Foto: Everton Padilha

Comentários