O que você precisa entender antes de sair falando por aí sobre o aumento no combustível

economia e empreendedorismo

POR Vinicius Salgado

22/05/2018

Serei simples e direto: a culpa do aumento da gasolina é política. É do estado. E, principalmente, é culpa do discurso de que “A Petrobrás é nossa”. Enquanto o brasileiro tiver esse orgulho protecionista iremos caminhar para o fundo do poço juntamente com essa empresa belíssima de uma gestão corrupta e ineficaz.

Quero deixar claro outra coisa aqui para vocês, na economia, existem 03 tipos de medidas: a de curto prazo, médio prazo e longo prazo. No curto prazo, os resultados vêm mais rápido, mas, logo logo tendem a se auto ajustar, ou seja, a eficácia também é de curto prazo, são as chamadas medidas emergenciais. No médio prazo, os resultados custam um pouco mais a aparecer, sejam eles bons ou ruins. E no longo prazo, são as medidas mais eficazes, que demoram mais a aparecer, mas surtem o efeito desejado no futuro.

Em 2014, a ex-presidente Dilma Rousseff congelou preços de gasolina, gás de cozinha, energia elétrica, etc., tudo para manter o discurso de que “no meu governo não há aumento de preço de combustível”, medida totalmente eleitoreira que, no curto prazo, trouxe bons resultados, de fato a gasolina não subiu, porém, a irresponsabilidade de uma decisão como essa é tão grande que até hoje estamos pagando a conta. Quando o mercado se ajusta sem a interferência do governo, o resultado sai bem caro, e quem paga a conta somos nós, mas também, a Petrobrás é nossa, né? Então vamos pagar nossa conta da irresponsabilidade dessa empresa.

O que aconteceu dessa vez é que a Petrobrás, de tão ineficiente que é, não atende a demanda de consumidores, ou seja, a produção não acompanha a demanda. E quando isso acontece, temos que importar combustível de outros países e passar para os consumidores por um valor mais alto, chega a ser vergonhoso uma empresa de tal porte passar por isso. Mais uma vez usarei esta palavra, ineficientes.

Então, antes de compartilhar números comparando governos, é preciso saber que quem paga a conta da irresponsabilidade deles somos nós com essa história protecionista, essa empresa tem que ser privatizada urgente, governo nenhum tem condições de comandar empresa. Não conseguem nem administrar as funções básicas de um país quem dirá ser empresário e ser eficiente ao mesmo tempo.  

Se você está revoltado com o aumento e está procurando um culpado, depois desse texto você deve entender que economia não se faz da noite para o dia e tudo tem uma razão por trás, não adianta querer comparar números de governos sem antes parar para analisar as medidas tomadas por governos passados. E, também, se você não aceita este tipo de aumento contínuo, seja a favor da privatização dessa fonte de corrupção que eles chamam de empresa grande. 

Comentários

Vinicius Salgado

Vinícius Salgado, 23 anos, mossoroense, acadêmico do 9 período do curso de Economia na UERN e colunista de economia no Portal Mossoró Notícias.

Crossfit