Vinicius Salgado[email protected]Economia

Vinicius Salgado

Será que existe cartel no preço dos combustíveis em Mossoró?


Não para de chegar notícia de que a gasolina baixou de preço nas refinarias. Isso gera uma expectativa nos consumidores referente ao preço praticado nos postos de combustíveis, se vão ou não acompanhar a tendência de queda. Porém, a conta não é tão simples quanto parece e a gasolina não vai baixar o preço na mesma proporção. Além disso, vale o questionamento, será que existe cartel no preço dos combustíveis em Mossoró?


O que acontece é que a maioria da redução nas refinarias, não são adotadas pelas distribuidoras, ou seja, quem compra a gasolina, não recebe o ‘desconto’. De um modo geral, quando o dono do posto recebe a redução, ele repassa. Mas se a distribuidora não repassar a redução, os postos não podem repassar para o consumidor final. 


O preço da gasolina na refinaria, segundo a Petrobras, corresponde a um terço do valor cobrado para o consumidor final. Durante o trajeto até a bomba, o combustível vai ficando mais caro. A Federação Nacional do Comércio de Combustíveis afirmou que os postos só conseguem diminuir os preços quando as distribuidoras também reduzem e que são livres para repassar ou não a redução de preço, de acordo com seus custos. O problema é que a Associação Nacional de Distribuidoras de Combustíveis se manifesta alegando que o preço final repassado realmente está diminuindo, o que não é real quando vamos observar nas bombas. 


No RN, em algumas cidades a gasolina registra o valor de R$ 3,19, o que é totalmente incomum em Mossoró. Daí surge o questionamento: será que existe um cartel no preço dos combustíveis em Mossoró? Há grandes indícios que sim. Pagamos uma das gasolinas mais caras do estado e do país, os descontos nunca são repassados. Aquela velha história, a gasolina cai de preço como uma pluma e sobe como um foguete. 

A margem de lucro dos postos cresce e o cartel agradece.


Nota: Um cartel consiste em um grupo de fornecedores que firmaram um acordo explícito para limitar a competição entre eles em benefício mútuo. Um cartel assemelha-se a um monopólio – na verdade, a meta de um cartel é agir como se fosse um monopólio – com uma diferença importante. Um monopólio consiste em um único tomador de decisões, ao passo que um cartel se compõe de uma associação voluntária de tomadores de decisão, cada um consciente de que seu lucro depende de todos os outros fornecedores no setor. 


Att, Vinícius.


Comentários